quinta-feira, 23 de maio de 2019

LEIS RÍGIDAS SÃO NECESSÁRIAS?




Allan Kardec perguntou aos espíritos na questão 796:
No estado atual da sociedade, a severidade das leis penais não constitui uma necessidade?

Resposta:
Uma sociedade depravada certamente precisa de leis severas. Infelizmente, essas leis mais se destinam a punir o mal depois de feito, do que a lhe secar a fonte. Só a educação poderá reformar os homens, que, então, não precisarão mais de leis tão rigorosas.”
Moramos num planeta onde os moradores são espíritos ainda maldosos, ignorantes e rebeldes à lei divina. Então, quem não consegue viver em sociedade, respeitando leis e pessoas, precisam ser afastados dela, pelo menos por um tempo. Os que estão delinquindo por ser usuários de drogas deveriam ser obrigados a ir a um centro de recuperação. Se são doentes e adoecem a família e a sociedade deveriam ser obrigados a se tratar. Nos Estados Unidos ao usuário é dado a escolha de ir para o presídio ou receber tratamento. Os que escolhem o centro de recuperação, toda semana são obrigados a fazer exame e apresentar ao juiz provando que não fizeram uso de drogas. Depois que eles estiverem bem, são levados a estudar, fazer um curso profissionalizante que possam integrá-los a sociedade. Então, para melhorar os presos, sejam menores ou não, os presídios e Fundação Casa, não deveriam ser um amontoado de pessoas ociosas. Eles deveriam ser obrigados a estudar e trabalhar. Se alguém não quiser, não come, não sai da cela, não tem pátio nos fins de semana e e nem visita. Aqui fora, para comer e ter lazer, o cidadão de bem precisa trabalhar, não é? Lá não deveria ser diferente. Visita? Só através de vidro e vigiado por guardas. Assim, não há como entrar celular, drogas, e outros. Isto serve aos advogados também. E deveria ser proibido levar coisas para eles, seja comida, roupas, e outros. Como disse Divaldo Franco no livro "Para Sempre no Nosso Coração": os presídios deveriam aplicar aos detentos "EDUCAÇÃO MORAL E CÍVICA para que possam controlar as emoções e impulsos e adquiram solidariedade, empatia, sensibilidade em relação aos sentimentos do próximo". E às crianças que ainda não entraram no mundo das drogas e do crime, precisam ter um trabalho de prevenção, urgente. Precisamos de escolas onde os alunos e professores se sintam motivados a lecionar e estudar. Onde aprendam que se não estudar, repete de ano. Onde se danificar algo na escola, desrespeitar uma autoridade ou colega de escola, será penalizado. Onde o aluno seja obrigado a limpar o que sujou. Assim, aprenderão, desde cedo, a respeitar a hierarquia, os patrimônios públicos e os bens alheios. Onde os pais não passem a mão na cabeça porque acham que os filhos estão sofrendo constrangimento por limpar um chão que sujou ou uma parede que pichou. Como disse Kardec, as leis rígidas são necessárias, mas elas punem depois que o mal foi feito, só a educação instrução juntamente com a educação moral modificarão as pessoas e prevenirão o mal. Então, antes de chorarmos na porta de Fundação Casa, cadeia, presídio, de vermos nosso filho viciado em drogas, nas mãos de traficante ou jurado de morte, eduquemos e/ou deixemos educar. E lembremos que, menor ou não, mesmo que consigam fugir das leis dos homens, da lei divina ninguém foge.


Texto de Rudymara

Nenhum comentário:

Postar um comentário