segunda-feira, 25 de janeiro de 2016

CHICO XAVIER FALA SOBRE A IMPORTÂNCIA DE FAZER O EVANGELHO NO LAR

SERÁ QUE JÁ APRENDEMOS AMAR O PRÓXIMO?

 
 
 

HONRAI PAI E MÃE

 
Após o falecimento do pai o filho colocou a sua mãe num asilo, e a visitava de vez em quando...
Um dia, recebeu uma ligação do asilo, informando que ela estava morrendo.
Foi correndo para ver a sua mãe antes que ela falecesse...
Perguntou para ela:
- O que quer que eu faça por você mãe?
Disse a mãe:
- Quero que você coloque ventiladores no asilo porque eles não tem e quero que você compre geladeiras também, para que a comida não estrague... Muitas vezes dormi sem comer nada!!
O filho disse surpreso:
- Mas agora está pedindo essas coisas, enquanto está morrendo?? Porque não reclamou antes?
A mãe respondeu triste:
- Eu me acostumei com a fome e o calor... mas o meu medo é ''você'' não se acostumar quando seus filhos colocarem você aqui, quando estiver velho!!


(autor desconhecido)
 

OBSERVAÇÃO DE ALLAN KARDEC: "Honrar ao pai e à mãe não é somente respeitá-los, mas também assisti-los nas suas necessidades; proporcionando-lhes o repouso na velhice; cercá-los de solicitude, como eles fizeram por nós na infância....Certos pais, é verdade, descuidam dos seus deveres, e não são para os filhos o que deviam ser. Mas é a Deus que compete puni-los, e não aos filhos. Não cabe a estes censurá-los, pois que talvez eles mesmos fizeram por merecê-los assim. Se a caridade estabelece como lei que devemos pagar o mal com o bem, ser indulgentes para as imperfeições alheias, não maldizer do próximo, esquecer e perdoar as ofensas, e amar até mesmo os inimigos, quanto essa obrigação se faz ainda maior em relação aos pais!" .......
 
 
 


 

TUDO É PASSAGEIRO

 
Essa imagem mostra a homenagem feita pelo pai, no túmulo do filho que foi cadeirante! Conta a fonte, que o menino, enquanto viveu, resignou-se e aceitou sem reclamar, a sua limitação, pois sabia que quando morresse (desencarnasse) não haveria limites físicos.

Vendo esta imagem eu, Rudymara, me lembrei do trecho do Poema da Gratidão de Amélia Rodrigues que diz:
Senhor, nós desejamos agradecer
Agradecer tudo o que nos deste,
tudo o que nos dás: o ar, o pão, a paz.
(...) E meus pés que me levam a caminhar, sem reclamar.
Porque eu vejo na Terra amputados, deformados, aleijados...e eu posso bailar!!...
Por eles eu oro, e a ti imploro, porque eu sei que depois dessa expiação, numa outra situação, eles também bailarão.
 
 
 

 

terça-feira, 12 de janeiro de 2016

VIVER OU ACUMULAR?

 
 
Um jovem advogado foi indicado para inventariar os pertences de um senhor recém falecido. Segundo o relatório do seguro social, o idoso não tinha herdeiros ou parentes vivos. Suas posses eram muito simples. O apartamento alugado, um carro velho, móveis baratos e roupas puídas. “Como alguém passa toda a vida e termina só com isso?”, pensou o advogado. Anotou todos os dados e ia deixando a residência quando notou um porta-retratos sobre um criado mudo.
Na foto estava o velho morto. Ainda era jovem, sorridente, ao fundo um mar muito verde e uma praia repleta de coqueiros. À caneta escrito bem de leve no canto superior da imagem lia-se “sul da Tailândia”. Surpreso, o advogado abriu a gaveta do criado e encontrou um álbum repleto de fotografias. Lá estava o senhor, em diversos momentos da vida, em fotos em todo canto do mundo.
Em um tango na Argentina, na frente do Muro de Berlim, em um tuk tuk no Vietnã, sobre um camelo com as pirâmides ao fundo, tomando vinho em frente ao Coliseu, entre muitas outras. Na última página do álbum um mapa, quase todos os países do planeta marcados com um asterisco vermelho, indicando por onde o velho tinha passado. Escrito à mão no meio do Oceano Pacífico uma pequena poesia:
Não construí nada que me possam roubar.
Não há nada que eu possa perder.
Nada que eu possa trocar,
Nada que se possa vender.
Eu que decidi viajar,
Eu que escolhi conhecer,
Nada tenho a deixar
Porque aprendi a viver...
 


OBSERVAÇÃO DE RUDYMARA: Podemos ter coisas para viver, mas não devemos viver para ter coisas. Quantas coisas compramos que não usamos, que não são úteis, que esquecemos que compramos, que passam do prazo de validade e vão para o lixo, que compramos porque a novela ou a mídia disse que é moda. Quanto disperdício de tempo, dinheiro e da falta de uso da razão. Claro que podemos passear, viajar, comprar coisas, mas com sensatez e sem esquecer que ENCARNAMOS PARA EVOLUIR e, para evoluir precisamos seguir os ensinamentos de Jesus: amando a própria vida cuidando da saúde do corpo físico e do próximo: abolindo pensamentos e atitudes negativas, vícios, amando, respeitando, ajudando de forma espiritual e material os que convivem conosco neste mundo. Como disse Kardec: "seremos cobrados não só pelo que fizemos, mas também pelo que deixamos de fazer." Então, façamos a viagem mais importante de nossa vida que é "para dentro de nós." E acumulemos valores morais e espirituais, são estes que levaremos após a desencarnação. Como disse Jesus: "Não acumuleis para vós outros tesouros na Terra, onde a traça e a ferrugem destroem, e onde ladrões arrombam para roubar. Mas ajuntai para vós outros tesouros no céu, onde a traça nem a ferrugem podem destruir, e onde os ladrões não arrombam e roubam." Lembremos também a parábola do rico insensato que acumulou e acumulou e quando planejava acumular mais, Deus disse a ele: "Insensato, esta noite tua alma será chamada; e o que tanto juntaste para quem será?" Pensemos nisso!
 
 
 
 
 
 


 

segunda-feira, 11 de janeiro de 2016

VAMOS COMPARTILHAR AS MENSAGENS DE JESUS

 
 
Esta mensagem é verdadeira. Muita gente nas redes sociais curtindo mensagens de Jesus. Mas, poucos compartilham estas mensagem no dia a dia através das atitudes. Vamos refletir?
 
Rudymara

quarta-feira, 6 de janeiro de 2016

O QUARTO SÁBIO (filme)

 
Esta é a história de um homem sábio, contada de forma fascinante. Artaban (Martin Sheen), filho de um rei da antiga pérsia, que procura nas sagradas escrituras o significado real da vida e descobre as profecias sobre Jesus, o rei dos reis. Artaban leva consigo três pedras preciosas, para oferecer ao messias e inicia, então, uma jornada através do deserto para encontrar-se com outros três reis magos e, com eles, ir ao encontro do rei Jesus. Por 33 anos, Artaban e seu servo Orantes (Alan Arkin) procuram por Jesus. Sempre que estavam prestes a encontrá-lo, acontecia um imprevisto, e eles o perdiam. No decorrer do seu caminho, Artaban usa os presentes para ajudar pessoas em grandes necessidades, ficando sem nada para presentear a Jesus, quando o encontrasse. A história atinge o seu clímax quando Artaban, velho e morrendo, encontra o rei Jesus e compreende finalmente, que o melhor presente que Ele queria dele, era o AMOR AO PRÓXIMO, e era o que Artaban fez quando utilizou os presente que estava levando a Jesus.
Sejamos o quarto rei mago na vida de alguém.
 
 
 
 

O QUE SIGNIFICA OS PRESENTES TRAZIDOS PELOS REIS MAGOS?

 
 
OURO é a forma simbólica de representar a chegada do maior tesouro que já esteve na Terra: JESUS.

INCENSO era um perfume que se usava nas cerimônias do tabernáculo, ele é o símbolo que representa os ENSINAMENTOS DE JESUS que perfumam os templos e a nossa vida, caso façamos uso deles.

MIRRA era uma erva amarga que simboliza as amarguras que Jesus iria sofrer.

domingo, 3 de janeiro de 2016

CUMPRIR PROMESSAS

 
 
Para que o ANO seja NOVO as atitudes devem ser NOVAS. Senão, só será a reprise do ano anterior. Daí, nada vai mudar em nossa vida. Afinal, nascemos para evoluir. Cada ano deveria ser para CUMPRIRMOS PROMESSAS feitas no ano anterior e não para FAZERMOS MAIS PROMESSAS que não conseguiremos cumprir. Deveríamos ser a cada ano melhores do que fomos no ano anterior. Daí sim o ANO seria NOVO e haveria esperança de um futuro melhor.
 
Rudymara
 
 
 

NADA ACONTECE POR ACASO

 
 
Nós moramos num planeta de PROVAS e EXPIAÇÕES, ou seja, "onde o MAL (ainda) predomina; mas o mal é uma necessidade para seus habitantes darem valor ao bem, da noite para admirar a luz, da doença para apreciar a saúde."
Então, os habitantes deste planeta apenas moram onde condiz com seu grau evolutivo.
Mas o que é expiação e prova? Expiação é o resgate "imposto" pela Justiça Divina a espíritos que teimam em desrespeitar as leis divinas. Prova é o resgate "escolhido" por espíritos conscientes de seus débitos e necessidades. Portanto, se ainda estamos sofrendo é porque a prova ou a expiação não chegaram ao fim... Mas, acredite, no fim tudo dará certo. Mas atenção, como disse Richard Simonetti: "não basta sofrer para habilitar-se a futuro feliz. É preciso "saber sofrer", sem murmúrios, sem queixas, sem revolta nem desespero. Uma pessoa revoltada, neurótica, conturbando o relacionamento familiar, criando confusão, não está resgatando dívidas. Apenas as amplia, infernizando aqueles que convivem com ela."


Rudymara

 
 
 
 

 

SELFIE DE 2016

 
 
Que a selfie mais importante deste ano seja para observarmos a imagem que carregamos dentro de nós. Se for boa, conservemos, mas se for ruim, modifiquemos para melhor. Não tenhamos medo de olhar para dentro de nós. Coloquemos de lado o orgulho e a vaidade para podermos observar sem ocultar o que devemos eliminar.
 
Rudymara