segunda-feira, 26 de janeiro de 2015

NÃO CONTRIBUA COM O CRIME

Muitos, que se sentem indignados com os assaltos e roubos, são grandes colaboradores para que eles aconteçam. Pois, na primeira oportunidade, compram produtos roubados. Exemplo: um celular, um aparelho eletrônico, peças de carro e moto, etc. Quem compra, na maioria das vezes, são os que se intitulam “espertos” porque acham que estão levando vantagem, mas estão apenas incentivando estes mesmos assaltantes, hora ou outra, a assaltar ele próprio ou um de seus familiares.
Pense que, não haveria ladrões e assaltantes se não houvesse quem os incentive a cometer tal crime. Então, não contribua com a violência. Não compre produtos suspeitos de roubo, principalmente se você é cristão. Coloque-se no lugar de quem foi lesado. A recomendação de Jesus foi: “Não façam aos outros o que não quer que os outros façam a você.” Está mais do que na hora de seguirmos seus conselhos.

Rudymara

quarta-feira, 21 de janeiro de 2015

BRASILEIRO É CONDENADO Á PENA DE MORTE NA INDONÉSIA POR TRÁFICO DE DROGAS


 
Não sou a favor da pena de morte.
Acredito que não acabaremos com a violência usando a violência.
Este homem (foto) que foi executado dia 17/01/2015 na Indonésia por tráfico de drogas, fez péssimo uso do livre arbítrio num país onde ainda há pena de morte. Ele, infelizmente, colheu o que plantou perante a lei dos homens e colherá perante a lei divina pelo mal que espalhava vendendo droga que desestrutura e também mata vidas de maneira indireta e direta.

Mas, como combater a violência?


Como diz Richard Simonetti: “Começaremos a resolver o problema da violência combatendo suas origens. Todos sabemos onde estão: miséria, fome, abandono, ignorância, drogas... O saneamento desses males exige um trabalho gigantesco que jamais será resolvido enquanto debitarmos as providências necessárias unicamente ao Governo, com a omissão da população em geral, com multidões agindo como eremitas sociais, encasteladas no egoísmo.”
 
Como vemos, a força deve ser conjunta:
 
1º Que nossos governantes fiquem "consternados e indignados" e façam leis mais rígidas que combata a violência que, ultimamente, está ligado fortemente ao tráfico de drogas. Façam isso por nós brasileiros que estamos presos dentro de casa com muros altos, cercas elétricas, com medo de sair a noite, parar no semáforo, usar uma correntinha ou brinco de ouro, celular, ir ao Banco, dos arrastões na praia, nos prédios, enfim, dos "nóias", que nos assaltam, roubam e traficam dentro e fora das escolas para sustentar o vício. Que executam policiais diariamente e desestruturam famílias e sociedade. Aos trabalhadores condenados à morte, todos os dias pela violência, também pedimos "clemência".
 
2º Que o povo pare de comprar produtos de roubo, que incentiva os assaltos, roubos e mortes;
 
3º Que os usuários percebam que só tem traficante porque tem usuários que compram suas drogas.
Então, façamos a nossa parte antes de exigir só do Governo e governantes.
 
 
Rudymara
 
 
 
 
 

A MELHOR RELIGIÃO

Foto: (y) ESTA É A MELHOR E MAIOR RELIGIÃO <3

sábado, 10 de janeiro de 2015

ANJO GUARDIÃO É O NOSSO PROTETOR ENVIADO POR DEUS



Anjo da guarda ou anjo guardião é um espírito protetor de uma ordem elevada. Tem com seu protegido, a missão de um pai para com seu filho. Auxilia-o com seus conselhos, consola-o nas suas aflições, levanta-lhe o bom ânimo nas provas da vida.
Dedica-se ao seu protegido, desde o nascimento até a morte e muitas vezes o acompanha na vida espiritual, depois da morte, e mesmo através de muitas existências corpóreas, que mais não são do que fases curtíssimas da vida do Espírito.
Nunca abandona seu protegido, quando vê que seus conselhos são inúteis e que mais forte é, a decisão de submeter-se à influência dos Espíritos inferiores. Afasta-se, mas sempre volta, desde que o chame.
(...) Cada anjo de guarda tem o seu protegido, pelo qual vela, como pai pelo filho. Alegra-se, quando o vê no bom caminho; sofre, quando ele lhe despreza os conselhos (...)
São Luis, Santo Agostinho - Livro dos Espíritos

quarta-feira, 7 de janeiro de 2015

AVALIANDO NOSSA ATITUDE CRISTÃ NO DIA A DIA


Desde a última quinta-feira (1) de 2015, todos os veículos em circulação no país devem possuir um novo tipo de extintor, chamado de ABC. O equipamento é capaz de apagar incêndios de uma variedade maior de materiais. As medidas fazem parte da resolução 333 do Contran, o Conselho Nacional de Trânsito, de 6 de novembro de 2009.
O novo tipo de extintor custa entre R$ 70 e R$ 100, e tem validade de cinco anos. Quem rodar com o extintor fora das especificações, seja do tipo de aparelho, seja de validade, está cometendo infração grave, sujeito a multa de R$ 127,69 e inclusão de cinco pontos na carteira.
OBSERVAÇÃO DE RUDYMARA: Por que estamos dando esta notícia numa página espírita? Porque precisamos avaliar nossos atos (cristãos) em qualquer situação. Vejam que, após esta determinação do Contran, muitos comerciantes subiram ABUSIVAMENTE o preço do extintor. Já acharam por até 200 reais. Perguntamos: "ISTO É SER HONESTO? ISTO É UMA ATITUDE CRISTÃ?" Vejam que ouvimos gritos constantes do povo exigindo honestidade dos políticos e para que eles não explorem o povo. Mas, e o povo? É honesto nas pequenas atitudes? Não explora o povo na primeira oportunidade? Vamos questionar nossas atitudes cristãs no dia a dia? É isto que o Cristo espera de nós. Pensemos juntos, amigos(as). E, principalmente, mudemos nossa atitude.

RECADO AOS FILHOS INGRATOS E EXPLORADORES DE PAI E MÃE


 

O mandamento: “Honra a teu pai e a tua mãe”, é uma conseqüência da lei geral da caridade e do amor ao próximo, porque não se pode amar ao próximo sem amar aos pais; mas o imperativo "honra" implica um dever a mais para com eles: o da piedade filial.
(...) Honrar ao pai e à mãe não é somente respeitá-los, mas também assisti-los nas suas necessidades; proporcionando-lhes o repouso na velhice; cercá-los de solicitude, como eles fizeram por nós na infância.
(...) Muitos relegam os piores cômodos da casa, apenas para não deixá-los na rua, e reservando para si mesmos os melhores aposentos, os mais confortáveis. E as vezes, tudo isso é feito de má vontade, sendo os pais obrigados a pagar o que lhes resta da vida com a carga dos serviços domésticos! É então justo que pais velhos e fracos tenham de servir a filhos jovens e fortes?
(...) Ai do ingrato, porque ele será punido pela ingratidão e o abandono; será ferido nas suas mais caras afeições, às vezes desde a vida presente, mas de maneira certa noutra existência, em que terás de sofrer o que fez os outros sofrerem!
(...) Certos pais, é verdade, descuidam dos seus deveres, e não são para os filhos o que deviam ser. Mas é a lei de Deus que compete puni-los, e não aos filhos. Não cabe a estes censurá-los, pois que talvez eles mesmos fizeram por merecê-los assim. Se a caridade estabelece como lei que devemos pagar o mal com o bem, ser indulgentes para as imperfeições alheias, não maldizer do próximo, esquecer e perdoar as ofensas, e amar até mesmo os inimigos, então essa obrigação se faz ainda maior em relação aos pais!
 
 
O Evangelho segundo o Espiritismo – cap. 14
 
 
 
 

terça-feira, 6 de janeiro de 2015

QUE SÃO OVOIDES?


 
Entende-se por ovoide a atrofia ou retração (encolhimento) do corpo espiritual (perispírito) de espíritos humanos (desencarnados) provocada por uma ideia fixa e doentia ("monoideísmo") e auto-hipnotizante, como ódio e vingança principalmente, que acaba realizando uma vibração de baixa frequência que, com o passar dos anos, produz uma deformação progressiva no seu corpo espiritual ou perispírito. Um de muitos exemplos é o caso aborto. Não são todos os casos, mas se o abortado não perdoar a mãe que o rejeitou, ele poderá se tornar um ovoide obsessor na vida dela.
Esta forma pensante contínua e constante de maneira desequilibrada gera uma energia que gira sempre de maneira igual e repetida pelo mesmo pensamento desequilibrado. Ao vibrar repetidamente na mesma frequência e em desequilíbrio com a Lei Cósmica Universal, gera este circuito arredondado que o vai deformando e tornando-o "ovoide ".
Quando o espírito fica na forma ovoide, ele se vincula (adere) obsessivamente às próprias vítimas como parasitas e, suas vítimas, de modo geral, lhes aceitam, mecanicamente, a influenciação, graças aos pensamentos de remorso ou arrependimento tardio, ódio voraz ou egoísmo exigente que alimentam no próprio cérebro, através de ondas mentais incessantes. Os ovoides sugam as energias do obsidiado podendo levá-lo a morte.
Os ovoides só serão recuperados na forma humana normal quando mudarem sua vibração ou pensamento e em muitos casos eles são tão persistentes no monoideísmo auto-hipnotizante que só serão recuperados reencarnando. No caso de não se esforçarem para melhorarem, eles serão encaminhados para reencarnação compulsória (obrigatória), na primeira oportunidade.
 
 
Compilação de Rudymara
 
 
 
 
Leiam o livro Evolução em dois mundos e Libertação de André Luiz
 
 
 
 
 

sexta-feira, 2 de janeiro de 2015

ANO NOVO E VELHAS ATITUDES


 
Após a festa de Natal vem a de Ano Novo, onde muitos esquecem ou não buscam o sentido do Natal e cometem abusos dizendo estar comemorando o Novo Ano.
Depois vem o carnaval, onde muitas pessoas também abusam e transgridem as leis morais cristãs de todas as formas: sexo desregrado, gravidez indesejada, aborto, doenças sexualmente transmissíveis, mortes no trânsito causado por alcoolismo e outras drogas, etc.
Dia seguinte ao término do carnaval, é a quarta-feira intitulada de cinzas, onde muitos mostram em seu semblante o arrependimento, por isso buscam templos religiosos para tomar cinzas, cujo simbolismo é para que as pessoas façam reflexão sobre o dever da "conversão", da mudança de vida, recordando a passageira fragilidade da vida humana e suas consequências nesta e em outra encarnação. A quarta-feira de cinzas é o primeiro dia da Quaresma católica, que é o período de quarenta dias que antecedem a festa da Páscoa, tempo de jejuar. Mas, o jejum a que se refere Jesus é de ordem "moral". Se quisermos nos renovar, é necessário combater nossas fraquezas, cultivando a Virtude e o Bem. E na Páscoa relembramos os últimos dias de Jesus na Terra, onde na sexta-feira muitos deixam de comer carne em "respeito" à Jesus. Será que é este o respeito que ele espera de nós. E os outros 364 dias do ano?
VAMOS PENSAR JUNTOS?Quando entenderemos o sentido da vinda do Cristo a Terra? Será que estamos agradando Jesus com esta fé sem obras? Com atitudes não "muito cristãs"?
A passagem do Cristo na Terra é mais que presépios, presentes, ceia, bacalhau, ovos de chocolate, paçoca e coelhinho. Alguém então perguntará: Então devemos acabar com a Páscoa e o Natal? Não. Devemos relembrar a vinda do Cristo todos os dias; santificar todos os dias, não somente a sexta-feira ou o 25 de dezembro. Utilizarmos as datas para intensificarmos a caridade ensinada pelo “crucificado” ou pelo “menino da manjedoura” e também nossa renovação interior. Mudar hábitos, eliminar vícios, pensamentos e atitudes negativos. Nós espíritas não somos contra a festa ou a alegria de reunir a família. Mas achamos que a festa de Natal deveria despertar em nós o desejo de fazermos o Cristo renascer em nossas atitudes e a da Páscoa deveria despertar em nós a vontade de nos libertarmos dos erros, das transgressões, para ressuscitarmos numa nova pessoa. Uma pessoa de atitudes nobres, cristãs. Mas, infelizmente, há quem acredite ser perdoado com simples ritual ou com penitências corporais. Por isso, na próxima festa, veremos as mesmas pessoas cometendo as mesmas transgressões. Como pedir que o mundo mude se nós não mudamos? A mudança do mundo começa em nós e só acontecerá quando seguirmos os ensinos de Jesus, TODOS OS DIAS. Despertemos!
 
 
 
Rudymara